Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Ébola, o novo negocio das farmacéuticas
22/08/2014Marcos Roitman Rosenmann
Son miles os africanos mortos nas augas que bañan as costas de España e Italia ou ven como son reprimidos cando tratan de saltar os muros con aram...
A necesidade do salario máximo
22/08/2014Vicenç Navarro
O gran crecemento das desigualdades débese ao enorme crecemento da concentración da riqueza e das rendas nunha minoría da sociedade que deriva o...
De Ferguson ao Iraque
22/08/2014Ângelo Alves
Em Ferguson explodiu uma guerra social ditada por uma política de classe que usa o racismo, a xenofobia e a repressão para manter o poder das clas...
Ucrânia na curva da História
22/08/2014Hugo Janeiro
A promessa da adesão da Ucrânia à UE com a pompa de um estado-membro de pleno direito está por calendarizar, mas a política de rapina não espe...
Em defesa das revoltas de Ferguson nos EUA
21/08/2014Robert Stephens II
Vivemos num contexto de supremacia branca e de capitalismo neoliberal onde as políticas racialmente neutras estão a ser utilizadas para manter a e...
Acusemos Israel
21/08/2014Boaventura de Sousa Santos
América Latina: débeda e protesta social
21/08/2014Luis Britto García
Opinión
Nos países desenvolvidos, a fin do consumismo compulsivo imperante na pasada década, provocado polas taxas de paro galopantes e a perda do poder adquisitivo dos traballadores unido á deterioración progresivo das condicións laborais, provocará frecuentes rebentos de conflitividade laboral e agudización da fractura social. O fenómeno da globalización económica conseguiu que todos os eleme...
30/4/2014 Fernando Luengo
As retribucións dos traballadores quedaron descolgadas dos avances na produtividade moito antes de que se producise a crise, fenda que se acentuou nestes últimos anos e que, dada a relación de forzas, cada vez máis favorábel aos intereses dos capitais, as elites políticas e as oligarquías económicas, podería converterse nun trazo estrutural da economía do Estado español. Cómpre que a ...
30/4/2014 Juan Torres López
Para poder paliar o efecto do recorte en servizos públicos, en salarios e en emprego, estase promovendo de novo a intensificación do traballo doméstico non retribuído e para iso vólvense a fortalecer estereotipos machistas e patriarcais que vinculan ás mulleres coas tarefas do coidado no fogar, como máximo permitindo que o maior número de horas de traballo doméstico se compaxine con empre...
30/4/2014 Sonia Mitralias // Esquerda
Um terço da população grega não tem segurança social. 40% não tem acesso ao sistema público de saúde. Pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, regista-se o aumento da mortalidade dos recém-nascidos. Na Grécia, os direitos adquiridos constituem hoje uma lembrança longínqua. Durante estes últimos quatro anos, padecemos na Grécia de uma política que tem consequências trág...
20140425_25Abril_PT.JPG
Kissinger considerou a invasão de Portugal com o apoio da NATO, mas a social-democracia europeia (sobretudo alemã) opôs-se e propôs que, em vez de militares, viesse dinheiro, muito dinheiro, para fortalecer os partidos e os movimentos sociais que se opunham ao “modelo soviético”. Assim se fez e os resultados foram os esperados. Portugal ficou então em dívida para com os alemães e assim...
20140425_25Abril_neno.cartaz.JPG
As sementes de Abril germinarão após a sua longa hibernação. Os trabalhadores não esqueceram as prodigiosas conquistas da geração revolucionária, nos dias em que Álvaro Cunhal e Vasco Gonçalves - dois grandes portugueses do século XX - deram uma contribuição fundamental para o avanço da revolução democrática e nacional. Transcorreram 40 anos desde o 25 de Abril de 1974. O povo p...
cig.prensa@galizacig.com