Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Na Venezuela, a tentação do golpe de Estado
22/04/2014Alexander Main
Os venezuelanos têm bons motivos para exprimir seu descontentamento diante de um poder que sofre para transformar as estruturas do país (aparelho ...
Economia estagnada, finança próspera
22/04/2014Costas Lapavitsas
Há políticas que podiam melhorar coisas no curto prazo, incluindo regulamentação do sistema financeiro, redistribuição do rendimento e da riqu...
Estado español: A fraude das pensións privadas
22/04/2014Vicenç Navarro
Os pensionistas privados están claramente desprotexidos fronte ao capital financeiro e os seus xestores. E para complicar máis as cousas, este cap...
Estado español: De reformas fiscais e concertación social
07/04/2014Albert Recio Andreu
Apostar por rebaixas fiscais, como suxire o goberno, é continuar o vieiro da demolición de dereitos sociais, impedir unha restruturación profund...
O nó gordiano da esquerda
07/04/2014Emir Sader
Nas economías de mercado, o Estado, para implementar políticas de redistribución do ingreso, como contrapeso dos mecanismos de concentración do ...
Opinión
22/4/2014 Alexander Main // Vermelho
Os venezuelanos têm bons motivos para exprimir seu descontentamento diante de um poder que sofre para transformar as estruturas do país (aparelho produtivo, sistema fiscal...). Os protestos recentes foram assumidos por uma ala da oposição que tem apenas um objetivo: derrubar o presidente Nicolás Maduro, eleito. Os protestos recentes foram assumidos por uma ala da oposição que tem apenas um...
Há políticas que podiam melhorar coisas no curto prazo, incluindo regulamentação do sistema financeiro, redistribuição do rendimento e da riqueza em favor dos trabalhadores e expansão da despesa pública. Por este meio, poder-se-ia esperar recuperação, melhoria de padrões de vida e que a arrecadação fiscal ascendesse equilibrando a contabilidade do estado. Mas o desafio real é alcanç...
22/4/2014 Vicenç Navarro
Os pensionistas privados están claramente desprotexidos fronte ao capital financeiro e os seus xestores. E para complicar máis as cousas, este capital financeiro ten unha enorme influencia no Estado. Unha enxurrada constante por parte da banca e das compañías de seguros privadas é facer crer á poboación que as pensións públicas son insostíbeis, é dicir, que como resultado da transici...
Apostar por rebaixas fiscais, como suxire o goberno, é continuar o vieiro da demolición de dereitos sociais, impedir unha restruturación profunda da nosa base económica e converter o problema da débeda nunha espada de Damocles permanente sobre as nosas cabezas. É simplemente criminal. Reforma fiscal, incentivos e dereitos sociais 1. Agora que todas as élites se puxeron de acordo en que a cr...
7/4/2014 Emir Sader // Página 12
20140407_esquerda.jpg
Nas economías de mercado, o Estado, para implementar políticas de redistribución do ingreso, como contrapeso dos mecanismos de concentración do mercado, depende da súa política tributaria. Ao longo das primeiras décadas da segunda posguerra, o Estado de benestar social puido desenvolverse -basicamente en Europa occidental- mercé a un sistema tributario elevado para os padróns actuais. ...
7/4/2014 Jack Rasmus // Esquerda
A 27 de março de 2014, o FMI deu a conhecer as linhas mestras das condições para os seus empréstimos e outras medidas destinadas à economia ucraniana. Essas condições não significam um resgate da economia ucraniana mas o início de uma depressão económica do mesmo tipo que a da Grécia para o povo ucraniano. A economia da Ucrânia já tinha entrado em recessão, a terceira desde 2008,...
cig.prensa@galizacig.com