Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Soberanía para o povo traballador galego
28/07/2014Xabier P. Igrexas
Este 25 de xullo enmárcase nun contexto definido pola combinación entre a crise sistémica do capitalismo e os brutais efectos das políticas de r...
De novo o Iraque
26/06/2014Albano Nunes
De novo o Iraque. De novo um misterioso bando de «terroristas», semeando a morte e a destruição. De novo a orquestração de dramáticos apelos ...
Suplementos territoriais nos recibos eléctricos
26/06/2014Fernando Branco Parga
O Tribunal Supremo vén de sentenciar que nas peaxes do sistema eléctrico se deberían incluír os diferentes suplementos territoriais. Efectivame...
O destino do Iraque
20/06/2014Luís Carapinha
Aferrados a uma ordem económica injusta e decadente os EUA prosseguem a cavalgada de fragmentação de territórios e destruição das soberanias ...
A outra cara do Mundial de Fútbol
20/06/2014Vicenç Navarro
A gran pobreza do sector público no Brasil, xunto coas exuberantes riquezas, explica a explosión social. De aí a enorme protesta, que non é a pr...
Europa: alternativas à crise
17/06/2014Éric Toussaint
As eleições na União Europeia
16/06/2014John Catalinotto
Opinión
19/11/2008 Manuel Mera
20081119_Durar-Bacri_Workers-waiting-for-a-job
Durante dous días analizouse a pasada semana en Lisboa, nun encontro organizado pola CGTP, todo o referente ao tempo de traballo. A escolla do tema non foi casual, xa que está de actualidade por mor da proposta da Comisión Europea de aumentar até as 65 horas a xornada laboral semanal (co tempo de garda) e a 60 horas cando se trata de traballo efeitivo, en cómputo medio de tres meses. ...
A reunião foi um monumento à banalidade, uma festa de despedida para um presidente que deixará poucas saudades e um palco para líderes que precisam dar a impressão de que estão fazendo algo pelas economias de seus países e do mundo todo. Como todo processo social, crises econômicas são fenômenos complexos, para cujo perfil contribuem tanto necessidades quanto contingências. Neces...
20081117_eeuu.prensa.obama
Semella que o planeta Terra vive no éxtase do orgasmo colectivo. A brillante campaña de mercadotecnia do negro que fala como o Home Branco acadou o seu obxectivo, narcotizar ao mundo enteiro. As náuseas que produce o tirano mundial Bush II crean a falsa ilusión de ver luz ao fin do túnel e soñar, co tan necesario, cambio de rumbo. Máis non podemos analizar a realidade partindo unicam...
A segunda grande evolução da construção da nova esquerda ocorreu a partir de 2004. Nesse ano foi criado um novo movimento político, e que se chamou com a sigla WASG. Neste novo movimento organizaram-se essencialmente sociais-democratas, que saíram do SPD, por não aceitarem o programa Agenda-2010 do chanceler Gerhard Schröder, entre os quais se encontravam muitos sindicalistas activos, e p...
14/11/2008 Jack Smart // Rebelión
Mentres os tipos de xuro en zonas como a Eurozona estaban baixos e o crédito nestes lugares era doadamente accesíbel, a festa continuou. Os bancos e as empresas islandesas endebedáronse para financiar investimentos tanto en Islandia como no estranxeiro. Dedicáronse a comprar valores en Europa incluídas moitas empresas hipotecarias británicas. "A economía islandesa é próspera e ...
Perante a crise primeira reivindicação colectiva imediata é a da nacionalização integral do sistema bancário. O controle do financiamento do investimento permitiria aos assalariados da Europa dar uma resposta simultânea ao emprego e às necessidades sociais, por programas pan-europeus de desenvolvimento dos serviços públicos, das energias renováveis, dos novos materiais de construção....
cig.prensa@galizacig.com