Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Na Venezuela, a tentação do golpe de Estado
22/04/2014Alexander Main
Os venezuelanos têm bons motivos para exprimir seu descontentamento diante de um poder que sofre para transformar as estruturas do país (aparelho ...
Economia estagnada, finança próspera
22/04/2014Costas Lapavitsas
Há políticas que podiam melhorar coisas no curto prazo, incluindo regulamentação do sistema financeiro, redistribuição do rendimento e da riqu...
Estado español: A fraude das pensións privadas
22/04/2014Vicenç Navarro
Os pensionistas privados están claramente desprotexidos fronte ao capital financeiro e os seus xestores. E para complicar máis as cousas, este cap...
Estado español: De reformas fiscais e concertación social
07/04/2014Albert Recio Andreu
Apostar por rebaixas fiscais, como suxire o goberno, é continuar o vieiro da demolición de dereitos sociais, impedir unha restruturación profund...
O nó gordiano da esquerda
07/04/2014Emir Sader
Nas economías de mercado, o Estado, para implementar políticas de redistribución do ingreso, como contrapeso dos mecanismos de concentración do ...
economía
Há políticas que podiam melhorar coisas no curto prazo, incluindo regulamentação do sistema financeiro, redistribuição do rendimento e da riqueza em favor dos trabalhadores e expansão da despesa pública. Por este meio, poder-se-ia esperar recuperação, melhoria de padrões de vida e que a arrecadação fiscal ascendesse equilibrando a contabilidade do estado. Mas o desafio real é alcanç...
Apostar por rebaixas fiscais, como suxire o goberno, é continuar o vieiro da demolición de dereitos sociais, impedir unha restruturación profunda da nosa base económica e converter o problema da débeda nunha espada de Damocles permanente sobre as nosas cabezas. É simplemente criminal. Reforma fiscal, incentivos e dereitos sociais 1. Agora que todas as élites se puxeron de acordo en que a cr...
7/4/2014 Jack Rasmus // Esquerda
A 27 de março de 2014, o FMI deu a conhecer as linhas mestras das condições para os seus empréstimos e outras medidas destinadas à economia ucraniana. Essas condições não significam um resgate da economia ucraniana mas o início de uma depressão económica do mesmo tipo que a da Grécia para o povo ucraniano. A economia da Ucrânia já tinha entrado em recessão, a terceira desde 2008,...
28/3/2014 Bibiana Medialdea
Segundo datos do Ministerio de Emprego, a partir de 2009 o crecemento salarial non alcanza o dos prezos, polo que a capacidade adquisitiva da poboación asalariada retrocede desde aquela. Ao que dá comezo a crise, as regras do xogo mediante as que habitualmente se reparten os resultados da dinámica económica dan a volta. Teñamos en conta que durante os mal chamados anos do boom da economía e...
A troika impõe o seu "modelo", mas a nada se compromete: a procura externa mais lenta pode reduzir a contribuição para a recuperação, tal como os riscos deflacionários na Zona Euro (FMI p. 9). "As condições de mercado podem rapidamente deteriorar-se". Então para que é que serve o mercado, que raio de eficiência se garante com o "mercado"? "Os riscos de que os objetivos do programa não ...
A nova división europea do traballo explica e promove a progresiva destrución dos modelos sociais estatais auspiciada pola troika e inmediatamente perceptíbel en dous ámbitos fundamentais: a flexibilización dos mercados de traballo (en concreto, mediante a rebaixa da tutela da estabilidade no emprego e a depreciación do custo da man de obra) e a redución da protección social, en particular...
A crescente financiarização da economia, o processo de privatizações, a atividade económica determinada apenas e exclusivamente a partir dos interesses do grande capital, retiram ao Estado, portanto à hipótese de democracia, os meios e a gestão dos processos necessários ao desenvolvimento. 1 – QUE FAZER  Não deveria ser necessário referir a importância do desenvolvimento indu...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com