Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Dívida, neoliberalismo e classes sociais
02/09/2014Renaud Duterme
O que é necessário entender é que o neoliberalismo na realidade não passa duma casca ideológica que dissimula a reafirmação dum poder de cla...
Francia e a rebelión contra a austeridade en Europa
02/09/2014Ariel Noyola Rodríguez
Se o goberno de Hollande decide manter a austeridade fiscal e a contracción salarial, a debacle electoral do Partido Socialista francés sería in...
A supremacia dos Estados Unidos no Banco Mundial
02/09/2014Éric Toussaint
O Banco Mundial funciona sob o controlo apertado do governo dos Estados Unidos. Este país negoceia, com os governos de outras grandes potências c...
Ataques ao dereito de folga
02/09/2014Vidal Aragonés
Os parámetros en que se move o Estado supoñerían aínda máis dificultades para o desenvolvemento de folgas, así como a súa limitación a trav...
As ajudas massivas dos bancos centrais aos grandes bancos privados
29/08/2014Éric Toussaint
A partir de 2007, os governos e os bancos centrais dos países ocidentais mais industrializados, mergulhados na maior crise económica desde os anos...
Ucrânia: derrota e perspectiva
29/08/2014Jacques Sapir
Europa
Se o goberno de Hollande decide manter a austeridade fiscal e a contracción salarial, a debacle electoral do Partido Socialista francés sería inminente e o ascenso ao poder da extrema dereita podería concretarse en breve co apoio de grandes grupos empresariais A cúpula europea sostén que o aumento da incerteza económica na rexión deriva fundamentalmente da inestabilidade xeopolítica en U...
29/8/2014 Éric Toussaint // Esquerda
A partir de 2007, os governos e os bancos centrais dos países ocidentais mais industrializados, mergulhados na maior crise económica desde os anos trinta, deram prioridade absoluta ao resgate dos bancos privados e ao sistema financeiro que os rodeia. O resgate dos bancos é feito à custa da esmagadora maioria da população (os 99%) A Fed compra massivamente aos bancos norte-americanos produto...
A insurreição não será esmagada militarmente. Deste ponto de vista, a insurreição venceu. Kiev não dispõe mais de reservas suficientes para retomar a ofensiva A situação militar continua a evoluir a favor dos insurrectos, tal como o descrevem agora múltiplas fontes, tanto ocidentais como dos insurrectos . A situação militar pode ser interpretada como se segue: (a) Ao sul de DONETS...
A esquerda europea debería aprender da esquerda latinoamericana, que rexeitou calquera tipo de integración económica con Estados Unidos en forma de proxecto imperialista, e rexeitar totalmente a integración da UE, polo feito de ser un proxecto alemán e das grandes empresas Como seguro xa sabedes, as duras medidas de austeridade en Grecia comezaron hai catro anos, en maio de 2010. Medio ano a...
20140808_BRICS-blocos.jpg
Há um ano a hegemonia política, militar e econômica dos EUA parecia consolidada. Um ano depois surge um bloco de forças que aponta para a superação dessa hegemonia Há um ano os EUA estavam prestes a atacar a Siria, capitulo prévio a um ataque ao Irã, cedendo às pressões de Israel. Era apenas um capítulo a mais do cenário instaurado desde o fim da guerra fria, com a predominância inq...
17/6/2014 Éric Toussaint // CADTM
Repartir de outra maneira a riqueza produzida constitui a melhor resposta à crise. A parte destinada aos assalariados nas riquezas produzidas baixou nitidamente ao longo dos últimos decénios, ao mesmo tempo que os credores e as empresas aumentaram os seus lucros para os consagrarem à especulação. Aumentando os salários, não somente se permite às populações viverem condignamente, mas tam...
Essencialmente, a União Europeia é o instrumento da classe dominante europeia para tomar cada vez mais do que os trabalhadores produzem e transferi-lo para os ricos. Reduziu salários dos trabalhadores, pensões e benefícios para os desempregados e cortou nos cuidados de saúde e na educação As eleições para o Parlamento da União Europeia realizadas dia 25/5 reflectiram a crescente rejei...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com