Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
 
Artigos de opinión
Dívida, neoliberalismo e classes sociais
02/09/2014Renaud Duterme
O que é necessário entender é que o neoliberalismo na realidade não passa duma casca ideológica que dissimula a reafirmação dum poder de cla...
Francia e a rebelión contra a austeridade en Europa
02/09/2014Ariel Noyola Rodríguez
Se o goberno de Hollande decide manter a austeridade fiscal e a contracción salarial, a debacle electoral do Partido Socialista francés sería in...
A supremacia dos Estados Unidos no Banco Mundial
02/09/2014Éric Toussaint
O Banco Mundial funciona sob o controlo apertado do governo dos Estados Unidos. Este país negoceia, com os governos de outras grandes potências c...
Ataques ao dereito de folga
02/09/2014Vidal Aragonés
Os parámetros en que se move o Estado supoñerían aínda máis dificultades para o desenvolvemento de folgas, así como a súa limitación a trav...
As ajudas massivas dos bancos centrais aos grandes bancos privados
29/08/2014Éric Toussaint
A partir de 2007, os governos e os bancos centrais dos países ocidentais mais industrializados, mergulhados na maior crise económica desde os anos...
Ucrânia: derrota e perspectiva
29/08/2014Jacques Sapir
Repsol
27/4/2012 Claudio Katz // Vermelho
20120427_arcentina_ypf_kirchner.jpg
A intervenção na YPF e a introdução de uma gestão estatal da empresa são medidas necessárias para começar a reverter a depredação energética. Mas constituem só um ponto de partida para recuperar os recursos petrolíferos.  Durante uma década a Repsol liderou o esvaziamento de poços, reservas e instalações pré-existentes. Extraiu o máximo possível sem investir e expatriou l...
Medidas como a expropriação da Repsol/YPF tratam dos limites do capitalismo, dos “países centrais”, do que pode ser feito com nossos recursos e com o trabalho vivo que os transforma. Há uma reconstituição espiritual latino-americana em curso, de vocação descolonizadora Talvez estejamos nos mostrando - os argentinos, os brasileiros, os latino-americanos - que há mais para nós mesmos q...
A recuperação de um recurso estratégico como a energia não se esgota em determinar quem fica com os lucros empresariais gerados neste setor, ou em mudar o estatuto de sua propriedade, de mãos privadas para mãos públicas. Esse é só o ponto de partida. Para começar a construir um outro tipo de soberania, é preciso colocar em questão também a natureza do problema, determinar outro tipo d...
20120418_YPF-Repsol.jpg
Cando a empresa rusa Lukoi quixo mercar o 30% do accionariado de Repsol-YPF, Rajoy, daquela líder da “oposición” dixo que poñer o petróleo e a enerxía  “españolas” en mans dunha empresa rusa nos convertería nun país de “quinta división”. Debería entender pois que o goberno do país irmán de Arxentina trate de recuperar o control sobre os seus propios recursos enerxétic...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com